segunda-feira, 6 de julho de 2009

O QUE NÃO DEVERIA ESTAR A ACONTECER...

S. Miguel.Lagoas das Empadadas
Falta de água está a reduzir níveis de lagoas em São Miguel
O nível da água na Lagoa do Fogo, em S. Miguel, desceu para níveis mínimos históricos como consequência da falta de água que já afecta cinco das ilhas açorianas, alertou a associação ecologista Amigos dos Açores. “Em alguns locais, o recuo das margens da Lagoa do Fogo chega às dezenas de metros, surgindo nas margens agora descobertas algumas espécies invasoras, que chegam até estes locais através das linhas de água”, revelou a associação num comunicado enviado à Lusa. Segundo os ecologistas, o problema não diz apenas respeito à Lagoa do Fogo, afectando outras, como as Lagoas das Empadadas, frisando que “são diversos os relatos de populares que afirmam nunca ter observado as lagoas com tão baixo nível de água”.
S. Miguel.Lagoa do Fogo
Os Amigos dos Açores recordam que, nos últimos anos, tem vindo a ser registada uma redução dos índices de pluviosidade, que se reflecte na diminuição do caudal das nascentes, salientando que a falta de água é actualmente um problema reconhecido em cinco das nove ilhas açorianas (Terceira, S. Miguel, Pico, S. Jorge e Graciosa). “A falta de chuva nos Açores reflecte-se na paisagem, com pastagens cada vez mais secas, as ribeiras e as lagoas com pouca água”, refere a associação ambientalista, alertando para o previsível agravamento do problema durante os meses de Verão. Para inverter este quadro, os Amigos dos Açores apelam à “consciência dos cidadãos”, no sentido de um melhor aproveitamento da água, através de “comportamentos responsáveis” no quotidiano. Por outro lado, os ecologistas defenderam a necessidade de serem combatidas as perdas registadas nos sistemas de abastecimento de água, que chegam a atingir 40 por cento. A necessidade de uma gestão responsável da água em sectores como a agricultura e a pecuária, foi também defendida pelos Amigos dos Açores para combater o problema da falta de água.
Açoriano Oriental on line [06.07.2009]

4 comentários:

Ibel disse...

Por amor de Deus, salvem essa água!

Jose Augusto Soares disse...

Quando começa a notar-se falta de chuva nos Açores...a "coisa tá preta"...

Elisabete disse...

É verdade! Tanta humidade e agora temos seca...
É preciso tentar travar, mas será possível? Não sei. Mas sofro pelas minhas ilhas.

Mar de Bem disse...

Não se apoquentem. Aqui no Faial chove, "que Deus a dá"! Julho tem sido uma desgraça, p'ra quem quer Verão. Em Agosto convém estar sequinho, p'ra que a LIA/IBEL possa apanhar um solzinho!!!

O problema, aqui e no continente, é não haver capacidade de armazenamento. Quanta chuva cai e é desperdiçada? Vamos chorar este desperdício, quando a seca se instalar, porque isso vai acontecer. Toda a gente sabe que a água vai ser o bem mais precioso. Já se matou por causa dela (Trás-os-Montes) e vai voltar a matar-se...não tenham dúvidas!